sexta-feira, 4 de novembro de 2011

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Shaná Tová!!! Feliz Ano Novo...

 Shaná Tová!!!!
Feliz Ano Novo!!!
Em Israel é o ano 5.772...
Que um ano novo comece em sua vida hoje!!!
O que acontece no Shaná Tová: 
Acontece a celebração do ano novo que começa ao anoitecer na vespéra com o toque do shofar.
É costume se comer certos alimentos representativos durante o Rosh Hashaná como maçãs com mel e açúcar para representar um ano doce. Também se come "Rosh shel Dag", cabeça de peixe. Esse alimento incentiva a começar um ano bom com a cabeça, a parte mais alta do corpo.

domingo, 19 de junho de 2011

Venha receber o Bispo Marcelo!!!

Venha receber seu sacerdote no culto de domingo!!!
Receba a unção da primeira ministração do Bispo Marcelo sobre a igreja depois de voltar de Israel.
Templo Maior
Estrada de Paciência, s/nº
(próximo ao viaduto de Paciência)
Paciência - Rio de Janeiro - RJ
Dia 19/06 às 19:00h.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Voltando pra casa com muita experiência na bagagem!!!

Hoje às 05:00h. da manhã, horário local de Israel, nossa caravana embarcou de volta para casa.
Provavelmente estarão chegando em solo brasileiro por volta das 18:00h., horário de Brasília.
Estamos contando as horas para matarmos toda a saudade!!!

terça-feira, 14 de junho de 2011

Mais uma benção recebida!!!

Esse carinha esperto aí do lado é o Daniel, ano passado ele enviou o seu pedido de oração a Deus através da Caravana Restaurar na Festa de Tabernáculos e hoje descobrimos o poder da oração de um pequenino.
Desde muito tempo o Daniel pede um irmãozinho aos seus pais, pois ele nunca quis ser filho único, vendo que papai e mamãe não estavam atendendo, ele foi mais esperto e enviou o seu pedido direto para Deus em Tabernáculos/2010, junto com os outros pedidos da igreja, o pedido do Daniel também foi queimado na Casa de Obede Edom e chegou a Deus como aroma suave e agora seus pais Edson e Flávia estão "grávidos", e finalmente  o irmãozinho vai chegar pra brincar com o Daniel.
Esse é um menino que faz parte de
UMA GERAÇÃO RESTAURADA!!!!




Parabéns Edson e Flávia, papai e mamãe de segunda viagem que foram abençoados com mais uma porção da herança do Senhor!!!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Peregrinando em Jerusalém...


Começamos nossa peregrinação de hoje, visitando a casa do Sumo Sacerdote Caifás, para onde Jesus foi levado para ser interrogado, antes de ser entregue nas mãos dos romanos.

Naquele lugar, Jesus passou sua última noite preso e conforme os relatos e o local visitado, entendemos o significado da expressão “Ele foi manietado”, que não significa simplesmente ter os braços amarrados pelos punhos, e sim, estar amarrado por uma corda, segurado pelos dois braços.

Após sairmos da casa de Caifás, adentramos as muralhas de Jerusalém, pela porta de Sião, visitamos um museu arqueológico e fomos orar no Muro das Lamentações, o único lugar do antigo Templo que ainda resta.
Vimos ainda as escadarias que conduziam ao templo e em seguida, fomos à antiga Cidade de Davi, onde encontramos as ruínas de seu palácio e a antiga cidade dos jebuseus.

Depois do almoço, conhecemos o Museu do Holocausto, lugar que nos conta a história da morte de mais de 6 milhões de judeus na 2ª Guerra Mundial.
Por último, retornando à Cidade de Davi, visitamos o túnel pelo qual os valentes de Davi entraram para tomar a cidade dos jubuseus.

De lá, entramos pelo túnel do rei Ezequias, onde as águas correm por baixo da cidade, como nos mostra tão bem o texto da profecia de Ezequiel 47 (As águas purificadoras).

(Pra tirar uma foto assim só sendo líder da Rede de Crianças mesmo, rsrsrs)

No final do dia, chegamos ao Tanque de Siloé, lugar em que Jesus mandou um cego cerrar os olhos para ser curado.

Apenas 3 que representam uma
MULTIDÃO!!!

Shalom Queridos!



domingo, 12 de junho de 2011

Uma homenagem aos namorados que estão longe...

Chegando à Jerusalém!!!

Pela manhã cedo, após o café, partimos de Belém e subimos para Jerusalém.
 

Fizemos a entrada triunfal em Jerusalém, cantando “Jerusalém Santa” e não entramos pela porta costumeira de outros peregrinos (que é a Porta do Lixo), pois nós que já adentramos a Excelência, a Grandeza e a Nobreza (glória a Deus!!), entramos pelo Monte Scopus, que dá vista para as muralhas da cidade.
 

Ainda no Monte Scopus, celebramos a Ceia do Senhor, renovando nossa aliança com YESHUA, o Filho de Davi, Ungido e Salvador!
 


Descemos pela estrada que Jesus passava, todas as vezes que subia a Betânia, na casa de Marta, Maria e Lázaro. Chegamos ao Monte das Oliveiras, lugar onde Jesus pediu que os discípulos vigiassem e orassem com ele pelo menos uma hora. Ficamos lá por uma hora e foi um tempo de oração com muita unção de Deus derramada sobre o povo. O apóstolo Samuel orou pelos pastores locais e da cobertura e depois eles oraram pelos discípulos.
 

Atravessamos a calçada e vimos as oliveiras bi-milenares que presenciaram toda a agonia de Jesus no Getsêmani.

De lá fomos almoçar, e o local escolhido foi um Quebutz, chamado “Quebutz de Rachel”. Nesse lugar também muito profético, existe o campo que pertenceu a Boaz, o resgatador de Rute. Assim como Boaz restituiu a honra de Rute, Cristo restituiu a honra da Igreja, dando-lhe poder e autoridade para ir e fazer discípulos de todas as nações.

Na parte da tarde, fomos ao Cenáculo, local onde Jesus realizou a última ceia com os discípulos e onde os discípulos inauguraram um período precioso da história da Igreja, após receberem línguas como de fogo, o Pentecostes. O local estava entupido de gente de todo o canto e lugar, isso nos fez lembrar da descida do Espírito Santo sobre os 12 e em meio à adoração, Deus abriu novamente os céus e derramou muita unção naquele lugar.

sábado, 11 de junho de 2011

5º Dia de Caravana...


Hoje pela manhã saímos em direção a QUMRAN, próximo ao Mar Morto, onde no ínício do século XX, foram encontrados manuscritos da época de Jesus. Dentre estes foi encontrada uma cópia completa do livro do profeta Isaías. Os achados são comumente conhecidos como MANUSCRITOS DO MAR MORTO.

Depois descemos até o Mar Morto, que na Bíblia também é conhecido como Mar Salgado, que fica localizado a 400 metros abaixo do nível do mar. Sendo assim, o lugar mais baixo da terra.
 

A seguir, fomos visitar a cidade de Jericó, onde Jesus curou o Cego Bartimeu. Vimos a Fonte de Eliseu, lugar que as águas eram amargas e o profeta após jogar sal nas águas, elas se tornaram saudáveis. Na sequência vimos as ruínas da cidade de Jericó, que caiu para o povo de Israel passar.
 
Por último, vimos um sicômoro, também chamado de “figueira brava”, árvore na qual Zaqueu subiu para ver Jesus.



Problemas com a internet...

Estamos com alguns probleminhas de conexão na região de Israel onde nossa caravana se encontra nesse momento.
Quando chegarem a Cidade de Jerusalém, provavelmente amanhã a conexão será melhor então estaremos postando mais informações sobre o dia a dia de nossos irmãos.
OREM POR TODA A CARAVANA RESTAURAR ISRAEL 2011!!! 


sexta-feira, 10 de junho de 2011

Andando nos passos da MULTIPLICAÇÃO...

Shabbat Shalom, Igreja do Avivamento!
          Hoje o nosso dia de peregrinação foi intenso e sobremodo maravilhoso.
          Nossa primeira parada foi em TABAGDA, este foi o lugar onde o Senhor Jesus multiplicou os pães e os peixes, isto é, ABENÇOOU - este foi o ensinamento mais precioso que tivemos a respeito de Jesus nesse lugar, pois na Bíblia não encontramos em nenhum dos Evangelhos, a palavra multiplicou e sim abençoou - “E, tendo mandado que a multidão se assentasse sobre a relva, tomando os cinco pães e os dois peixes, erguendo os olhos ao céu, os ABENÇOOU.” (Mt 14:19; Mc 6:41; Lc 9:16; Jo 6:11).


          Através dessa narrativa, também pudemos ver e compreender o cuidado que Jesus tem pela multidão e como o líder que foi não despediu uma multidão que estava faminta, mas compadeceu-se dela, levando ao entendimento dos discípulos uma lição de amor e provisão, pois quando cuidamos de almas, precisamos enxergá-las com completude, com necessidades no corpo, na alma e no espírito e não de forma parcial.

          Quando adentramos a igreja Tabagda, vimos através de seus bizantinos mosaicos, que aparecem propositalmente, 4 pães e 2 peixes, apontando para mais um predicativo de Jesus, O PÃO DA VIDA!
          Direto da multiplicação de pães e peixes, seguimos para CAFARNAUM, cidade que Jesus escolheu para morar, logo que ficou sabendo da prisão de João Batista (Mt 4:13), e ela fica bem ali à beira-mar, exatamente como a Bíblia narra.
          Visitamos a casa que foi da sogra de Pedro e a sinagoga onde Jesus operou diversos milagres, como o do homem da mão ressequida (Mc 3:1-6) , a cura do endemoniado de Cafarnaum (Lc 4:31-37), do paralítico levado pelos quatro amigos para ser curado (Lc 5: 17-26), a cura do criado de um centurião (Mt 8:5-13), curou também muitos enfermos e endemoniados (Mc 1:32-34) e a já citada sogra de Pedro.
          De lá prosseguimos fazendo o mesmo itinerário que Jesus fez, pois depois dessa série de sinais, milagres e prodígios, ele se retira para os lados do mar. E fizemos justamente o que ele fez, tomamos um barco e passamos para o outro lado, atravessamos o Mar da Galiléia, também chamado de Genesaré e Tiberíades.


 


Nas mãos da Bispa Beth o cabelo da Bispa Isabel que foi jogado no Mar da Galiléia em um ato profético para que assim como os discípulos de Jesus recolheram 153 grandes peixes nesse mar, a nossa rede também esteja cheia de grandes peixes.


          No barco, tivemos mais um precioso momento de oração e “atos proféticos” também, nos lembramos da “tempestade” que os nossos irmãos de caravana passaram até chegarem a Israel e agradecemos ao Senhor, porque apesar de toda revolta do inimigo lançando pesadas ondas sobre o mar de nossas vidas, Jesus está sempre nos assegurando que Ele está no controle de tudo, ele é o nosso capitão e com Ele tudo volta a ser calmo, sereno e tranqüilo..
          Depois de três visitas fantásticas, nosso destino agora é YAH DERNIT, ou seja, RIO JORDÃO, lugar de batismo, não de arrependimento e sim de autoridade, da mesma forma como o de Jesus, realizado nestas mesmas águas no início de seu ministério aqui na terra (Mt 3:13-17).


          Há uma unção neste lugar, tão tremenda que foi quase impossível conter as lágrimas quando ali adentramos, desde que pegamos a beca e a toalha até o levantar das águas, vimos Deus conduzindo cada ato, cada ministração, cada palavra.

          O Ap. Samuel iniciou o cerimonial, levando seus pastores locais e de cobertura a darem as mãos e mergulharem sete vezes, foi tremendo! Depois foi a vez da nossa quase Ap. Beth, descer às águas com suas pastoras e vimos os céus abertos naquele lugar, derramando sobre a vida de cada batizando uma nova unção de autoridade.

          Almoçamos e logo depois partimos para o último ponto do roteiro deste maravilhoso dia: MONTE CARMELO. Com os céus abertos de YAH DERNIT, subimos o Carmelo com a ousadia de Elias e clamando ao Deus Todo Poderoso, que lambesse com fogo toda oração, súplica e intercessão que realizamos naquele altar.


          Nossa caravana se despediu do Norte de Israel, onde vivenciou tantas experiências marcantes e desembarcou em BETHLEHEM, ou como a comumente conhecemos BELÉM, o berço do nosso Senhor Jesus. Assim como Ele lá nasceu, Deus nos moveu até aqui, para fazer renascer, ressurgir em cada integrante dessa caravana um novo tempo, uma nova história e tudo o que perdido foi não se compara ao que há de vir.
          Enquanto aguardamos o renovo de nossas forças, fomos agraciados com um belíssimo hotel, INTERCONTINENTAL, categoria 6 estrelas, isto significa, que realmente adentramos na riqueza, na grandeza e na fidelidade do Senhor sobre nossas vidas.

Até amanhã! Graça e paz!